Perguntas e respostas

Disfunção eréctil:

Atualizado: 
28/07/2014 - 15:02
Aqui as principais perguntas sobre disfunção eréctil e as respostas condensadas.

O que é a disfunção eréctil (ou impotência masculina)?
A disfunção eréctil acontece quando um homem tem uma dificuldade consistente em conseguir ou aguentar uma erecção suficiente para ter relações sexuais. Muitos homens passam por problemas ocasionais ou temporários, mas isso não quer dizer que têm disfunção eréctil. Para um diagnóstico da disfunção eréctil, o problema da falta de erecção tem de ser frequente e regular.

A disfunção eréctil é comum?
Existem estudos que indicam que mais de 152 milhões de homens em todo o mundo, onde mais de 50 milhões estão nos Estados Unidos, sofrem de algum tipo de disfunção eréctil. Em Portugal estima-se que a prevalência global seja de 13 por cento. Também se sabe que menos de 10 por cento destes homens procuram um tratamento para os seus problemas de erecção.

Como posso saber se tenho disfunção eréctil?
Uma consulta com o seu médico é a única maneira de realmente saber se tem disfunção eréctil. O seu médico vai analisar todo o seu historial médico e fazer um exame físico para saber ao certo se não sofre de outra doença ou condição que podem afectar a sua capacidade de atingir uma erecção.

Os problemas de erecção não são uma parte normal do processo de envelhecimento?
Existem mudanças normais que ocorrem nos homens à medida que envelhecem, incluindo demorar mais tempo para ter uma erecção, erecções essas que não são tão fortes com antes e também é possível não conseguir chegar ao clímax. Estes problemas não devem ser confundidos com a disfunção eréctil, pois ela não faz parte do processo de envelhecimento. Se não tem a certeza, deve falar com o seu médico sobre a sua situação.

A disfunção eréctil tem cura?
Apesar de ser difícil dizer que a disfunção eréctil pode ser totalmente curada, é um problema que pode ser tratado com eficiência. Existem um número de processos alternativos, como medicamentos e outros tratamentos que podem em muito ajudar um homem a responder com sucesso ao estímulo sexual.

Quais são as causas da disfunção eréctil?
Qualquer doença ou ferimento que interfere com a sequência de eventos necessários para a criação de uma erecção podem causar a disfunção eréctil. Os problemas mais frequentes são aqueles que afectam a circulação sanguínea do pénis durante o estímulo sexual. Existem também várias condições médicas que estão associadas com a disfunção eréctil. Estas incluem doenças cardiovasculares, pressão sanguínea alta e diabetes.

Os medicamentos podem causar disfunção eréctil?
Os medicamentos tomados para uma variedade de problemas de saúde podem ter efeitos secundários que causam a disfunção eréctil. Estudos recentes mostraram que mais de 200 tipos diferentes de fármacos causam um efeito negativo nas capacidades de erecção. Os medicamentos utilizados para tratar a pressão sanguínea alta, problemas de coração, alergias, depressão, ansiedade, doenças de foro alimentar e úlceras demonstraram estes efeitos.

Quando toma medicamentos de qualquer tipo é importante seguir os conselhos do seu médico ou farmacêutico e esclarecer quaisquer dúvidas com o próprio. Na maioria dos casos existem medicamentos alternativos, que o seu médico pode aconselhar.

O que se pode fazer para prevenir a disfunção eréctil?
Muitas vezes a disfunção eréctil está associada a certos factores de risco, como fumar, ser obeso ou ao excesso de bebidas alcoólicas. A redução ou eliminação de qualquer um destes factores de risco vai reduzir a probabilidade de disfunção eréctil, enquanto também lhe proporciona um estilo de vida mais saudável. É importante falar com o seu médico sobre os medicamentos e fármacos que está a tomar para diminuir o risco de disfunção eréctil.

Fonte: 
disfuncao.org
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.
Foto: 
ShutterStock