Na criança

Diarreia

A diarreia é uma condição geralmente benigna que passa ao fim de dias. Saiba o que fazer.

O que é?
É o aumento do número de dejecções por dia, com diminuição da sua consistência.

Pode ser acompanhada de vómitos, dores abdominais ou febre. Dura, em regra, 3 a 5 dias. Habitualmente, a criança perde o apetite, pelo que esta situação pode conduzir a desidratação e desnutrição, sobretudo nos lactentes e nas crianças mal nutridas.

É importante identificar os sinais de desidratação, para saber quando deve recorrer ao médico de família ou ao hospital e quais cuidados a prestar à criança.

Que medidas tomar?
É fundamental compensar a perda de líquido para evitar a desidratação e retomar a alimentação logo que a desidratação esteja corrigida. Quanto à dieta a atitude a tomar depende da idade da criança:

Aleitamento materno:

  • Manter amamentação - fornece factores de resistência à infecção;
  • Oferecer mama mais vezes, durante mais tempo;

Aleitamento artificial:

  • Manter o mesmo leite nas doses habituais;
  • O leite pode ser preparado com água de arroz: 1 litro de água/2 c. sopa de arroz não lado. Ferver até evaporar metade da água. Arrefecer e coar, separando a água do arroz. Juntar meio litro de água e 1 colher de café rasa de sal;
  • O leite sem lactose não é aconselhado para a maioria das situações;

Se a criança já tiver uma alimentação diversificada:

  • Água e chá (sem cafeína) e/ou soro de reidratação oral;

Após o período de reidratação (4 horas), oferecer:

  • Papa de arroz;
  • Sopa de batata/cenoura;
  • Arroz branco cozido com carne cozida;
  • Maça e pêra cozidas ou assadas e banana madura;
  • Frango ou peixe cozido/grelhado;
  • Bolachas de água e sal, tostas ou torradas com compotas;
  • Iogurte natural;
  • Manter água e chá e/ou soro de reidratação oral;

Depois de reidratada a criança deve beber líquidos livremente (soro de reidratação, água ou leite)

Como prevenir?

  • Lavar bem as mãos sempre que cuidar da sua criança;
  • Se a criança for alimentada por biberão este deverá estar previamente bem lavado com um escovilhão e fervido ou esterilizado;
  • Cumprir sempre as normas de preparação de leite artificial com correcta diluição/concentração;
  • Lavar bem os legumes e as frutas;
  • Cozinhar bem as carnes e ter atenção à conservação e prazos de validade dos alimentos;

Quando consultar o médico?

  • Criança com menos de 3 meses de idade;
  • Diarreia muito intensa - fezes liquidas, mais de uma vez por hora;
  • Diarreia com sangue ou acompanhada de febre alta e/ou vómitos com recusa de líquidos;
  • Incapacidade de dar líquidos ou intolerância aos mesmos;
  • Diarreia sem melhoria após três dias;
Fonte: 
USF Mactamã
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde de A-Z não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.
Foto: 
ShutterStock