Atualizado a 31 de julho de 2017

Programa Nacional de Vacinação

Atualizado: 
02/07/2019 - 18:00
O Plano Nacional de Vacinação é o calendário de toma de vacinas recomendado pelas autoridades de saúde em Portugal. As vacinas que fazem parte do PNV são gratuitas.
Vacinas

O Programa Nacional de Vacinação (PNV) recomenda as vacinas que devem ser tomadas numa base de rotina, bem como as respectivas idades de vacinação.

As vacinas incluídas no PNV são administradas universal e gratuitamente ao maior número possível de cidadãos, não existindo barreiras para a sua administração, excepto, evidentemente, no caso em que um indivíduo tenha contra-indicações médicas. As recomendações do PNV são revistas pela Comissão Técnica de Vacinação, sempre que tal é julgado necessário, ou por solicitação das autoridades de saúde. A história do PNV remonta a Outubro de 1965, ano em que o PNV teve início oficial em Portugal com a vacina da poliomielite.

Presentemente, o PNV inclui vacinas para 13 agentes etiológicos de doenças graves, distribuídas por idades, como pode verificar em baixo. O PNV é da responsabilidade do Ministério da Saúde e integra as vacinas consideradas mais importantes para defender a saúde da população portuguesa. De referir que as vacinas que fazem parte do PNV podem ser alteradas de um ano para o outro, em função da adaptação do programa às necessidades da população, nomeadamente pela integração de novas vacinas.

Veja aqui quais as vacinas recomendadas e em que idades:

0 meses (nascimento)

VHB (1ª dose) - Hepatite B

2 meses

VHB (2ª dose) - Hepatite B

Hib (1ª dose) - doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b

DTPa (1ª dose) - Difteria, Tétano, Tosse Convulsa

VIP (1ª dose) - Poliomielite

Pn13 (1ª dose) - Streptococcus pneumoniae1

1Aplicável apenas aos nascidos ≥ 2015

4 meses

Hib (2ª dose) - doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b

DTPa (2ª dose) - DifteriaTétano, Tosse Convulsa

VIP (2ª dose) - Poliomielite

Pn13 (2ª dose) - Streptococcus pneumoniae1

1Aplicável apenas aos nascidos ≥ 2015

6 meses

VHB (3ª dose) - Hepatite B

Hib (3ª dose) - doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b

DTPa (3ª dose) - Difteria, Tétano, Tosse Convulsa

VIP (3ª dose) - Poliomielite

12 meses

Pn13 (3ª dose) - Streptococcus pneumoniae1

MenC - meningites e septicemias causadas pela bactéria meningococo

VASPR (1ª dose) - Sarampo, Parotidite, Rubéola

1Aplicável apenas aos nascidos ≥ 2015

18 meses

Hib (4ª dose) - doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b

DTPa (4ª dose) - Difteria, Tétano, Tosse Convulsa

VIP (4ª dose) - Poliomielite

5 anos

DTPa (5ª dose) - Difteria, Tétano, Tosse Convulsa

VIP (5ª dose) - Poliomielite

VASPR (2ª dose) - Sarampo, Parotidite, Rubéola

10 anos

HPV (1ª e 2ª doses) - Infecções por Vírus do Papiloma Humano2

Td - Tétano e Difteria4

2Apenas a raparigas com esquema 0, 6 meses

4De acordo com a idade da pessoa, devem ser aplicados os intervalos recomendados entre doses, tendo como referência a data de administração da dose anterior. A partir dos 65 anos recomenda-se a vacinação de todas as pessoas que tenham feito a última dose de Td há ≥ 10 anos; as doses seguintes são administradas de 10 em 10 anos.

25 anos

Tdpa (grávidas) - Tétano, difteria e tosse convulsa3

Td - Tétano e Difteria4

3Apenas a grávidas, em qualquer idade; uma dose em cada gravidez.

4De acordo com a idade da pessoa, devem ser aplicados os intervalos recomendados entre doses, tendo como referência a data de administração da dose anterior. A partir dos 65 anos recomenda-se a vacinação de todas as pessoas que tenham feito a última dose de Td há ≥ 10 anos; as doses seguintes são administradas de 10 em 10 anos.

45 anos

Tdpa (grávidas) - Tétano, difteria e tosse convulsa3

Td - Tétano e Difteria4

3Apenas a grávidas, em qualquer idade; uma dose em cada gravidez.

4De acordo com a idade da pessoa, devem ser aplicados os intervalos recomendados entre doses, tendo como referência a data de administração da dose anterior. A partir dos 65 anos recomenda-se a vacinação de todas as pessoas que tenham feito a última dose de Td há ≥ 10 anos; as doses seguintes são administradas de 10 em 10 anos.

65 anos

Td - Tétano e Difteria4

4De acordo com a idade da pessoa, devem ser aplicados os intervalos recomendados entre doses, tendo como referência a data de administração da dose anterior. A partir dos 65 anos recomenda-se a vacinação de todas as pessoas que tenham feito a última dose de Td há ≥ 10 anos; as doses seguintes são administradas de 10 em 10 anos.

10 em 10 anos

Td - Tétano e Difteria4

4De acordo com a idade da pessoa, devem ser aplicados os intervalos recomendados entre doses, tendo como referência a data de administração da dose anterior. A partir dos 65 anos recomenda-se a vacinação de todas as pessoas que tenham feito a última dose de Td há ≥ 10 anos; as doses seguintes são administradas de 10 em 10 anos.

Fonte: 
Ministério da Saúde
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.
Foto: 
ShutterStock