Lançada no dia 10 de Maio

Setor da Distribuição Farmacêutica tem nova Associação

No dia 10 de maio é lançada oficialmente a nova Associação de Distribuidores Farmacêuticos – ADIFA, numa Sessão Solene que prevê a intervenção do Ministro da Saúde, Prof. Doutor Adalberto Campos Fernandes, e da Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos Prof.ª Doutora Ana Paula Martins.

A Distribuição Farmacêutica integra um setor moderno, sustentado num constante investimento em capital humano e financeiro, que, aliado a uma progressiva evolução tecnológica dos seus processos, demonstra elevados níveis de eficiência e qualidade.

No entanto, ao longo dos últimos anos, os medicamentos foram sujeitos a reduções administrativas de preços, o que resultou numa redução do valor de mercado de aproximadamente 740 milhões de euros, desde 2008. O setor foi, ainda, afetado por diversas reduções de margens, tendo a margem de comercialização atribuída à distribuição grossista sido reduzida em cerca de 25%, quando comparada com a margem praticada em 2005.

Reconhecendo os relevantes e constantes desafios do setor da distribuição grossista full liner, a nível nacional e internacional, e conscientes da importância estratégica da existência de uma Associação robusta e representativa exclusivamente do setor da distribuição farmacêutica, surgiu a Associação de Distribuidores Farmacêuticos – ADIFA.

Sobre o nascimento desta Associação, Diogo Gouveia, Presidente da ADIFA, explica: “A ADIFA surgiu por inicitiva de seis empresas de distribuição por grosso de medicamentos, pretendendo posicionar-se como parceira de excelência das Autoridades e diversos stakeholders da saúde, para o desenvolvimento e consolidação dos projetos em curso, assim como para a discussão e negociação de novos projetos e desafios, acrescentando valor aos mesmos.

A título de exemplo, destaca-se que os associados pretendem, em conjunto com a Tutela e stakeholders, analisar a possibilidade de promover uma maior acessibilidade a determinados medicamentos, através da sua passagem do canal hospitalar para ambulatório, a participação dos distribuidores grossistas na logística do SNS, nomeadamente nos hospitais, acrescentando valor na gestão dos stocks e redução de custos operacionais e participar na decisão e governance do Sistema de Verificação de Medicamentos em Portugal, no âmbito da Diretiva dos Medicamentos Falsificados”.

Face ao atual panorama, a ADIFA pretende contribuir para a definição de uma estratégia a longo prazo para a saúde, perspetivando um desenvolvimento sustentado do setor, a valorização da cadeia de Distribuição Grossita Full liner, a construção de pontes de colaboração entre o setor privado e o Serviço Nacional de Saúde e o desenvolvimento e atualização das boas práticas de distribuição de medicamentos e produtos farmacêuticos.

“O abastecimento contínuo do mercado nacional, a disponibilização dos medicamentos certos, nos locais certos, ao tempo certo, o desenvolvimento da cadeia de distribuição, a implementação de elevadores padrões de segurança, eficiência e qualidade da cadeia logística, o fornecimento de serviços de valor acrescentado para o Sistema de Saúde e a promoção da saúde pública são os compromissos da ADIFA perante a população portuguesa”, conclui o Presidente da Associação.

A Sessão Pública de lançamento da ADIFA, no dia 10 de maio, no Pestana Palace Hotel, conta ainda com a participação de elementos da Comissão Parlamentar de Saúde, Líderes Parlamentares, Autoridades Reguladoras e Instituições e Associações do Setor Farmacêutico.

Fonte: 
Creativepress
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico, Enfermeiro, Farmacêutico e/ou Nutricionista.