Afonia

A afonia, também conhecida como rouquidão ou perda de voz, é um problema que atinge qualquer pessoa. Trata-se de uma situação provocada por alterações da mucosa, de qualquer das partes da laringe, sendo as cordas vocais a zona que mais sintomatologia apresentam. É normalmente acompanhada de dor ao engolir, tosse seca ou até mesmo de uma ligeira subida de temperatura. As origens da afonia podem ser variadas e podem surgir como consequência de uma constipação, de uma inflamação da garganta, ou até mesmo de uma alergia. Também a inalação de fumos, como por exemplo do tabaco, a secura ambiental e a utilização vocal em demasia, podem contribuir para o aparecimento de rouquidão, quer no inverno, devido ao maior número de problemas respiratórios, quer na primavera, por causa das alergias.

A rouquidão assume níveis de intensidade diferentes. A disfonia pode ir de um grau ligeiro até o indivíduo ficar privado de voz até a uma rouquidão aguda, que tem a duração de alguns dias ou semanas. Nos restantes casos – quando a rouquidão se mantém por tempo prolongado e muitas vezes sem causa conhecida - estamos perante um quadro crónico, que geralmente é o primeiro sinal de alerta de que algo de errado se passa com o aparelho vocal. Assim, se uma pessoa permanecer rouca por mais de três meses, mesmo que a intensidade diminua nesse período, deve considerar este como um sinal de alarme, pelo que deverá consultar um médico especialista.

O tratamento varia em função da causa da rouquidão. Pode ir desde o simples repouso vocal, passando por tratamento médico ou de terapia da fala, até à cirurgia.

Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.