Saiba como

E se puder eliminar as olheiras?

Quando se olha ao espelho costuma ver umas manchas escuras na zona inferior dos olhos dos quais gostaria de se ver livre?

De acordo com alguns estudos, 50% das mulheres testemunharam que essas manchas, denominadas por olheiras, são uma grande preocupação a nível de beleza. Estas manchas e papos que são ainda mais notórios quando temos uma noite mal dormida, têm maior sucesso de forem tratados separadamente.

Mas a que se devem? Bom, a causa principal, e mais conhecida, reside no excesso de pigmentação da área circundante aos olhos. Como a nossa pele nesta zona é muito fina, a coloração transparece facilmente. Os vasos sanguíneos que irrigam esta área do nosso corpo podem atribuir esta coloração azulada, que tem tendência a ficar cada vez mais visível com o avançar da idade.

Contudo, além da própria morfologia, existem comportamentos que adoptamos que podem contribuir ainda mais para o aparecimento destas manchas e altos. A saber: a demasiada exposição ao sol que provoca o envelhecimento precoce da pele causando rugas, a frequência de locais com fumo de tabaco, ou o próprio consumo de tabaco, aliado por vezes a uma dieta pobre em nutrientes essenciais, o consumo de álcool, e as insónias.

Outros elementos que contribuem para o agravamento da situação são as reacções alérgicas provocadas pelos pólenes, por exemplo, pois a congestão nasal vai provocar o inchaço dos vasos sanguíneos da face, desde o nariz até aos olhos. Habitualmente, estas alergias provocam também comichão nos olhos e o constante coçar vai irritar a área levando ao aumento dos “papos” e acentuar a coloração azulada.

Também nas mulheres grávidas esta situação é habitual e visível, pois as alterações hormonais decorrentes da gravidez, bem como a dilatação quer do corpo quer dos vasos sanguíneos agravam a situação.

Então o que podemos fazer? Como já vimos, há várias situações e comportamentos que podem levar à existência desta coloração à volta dos olhos. No entanto, de forma natural existe um excesso de coloração ou pigmentação na área, por isso a aplicação de um creme que torne a tez mais clara, pode ajudar a diminuir as malfadadas olheiras. Também o uso de cremes ricos em retinóis, ingrediente base anti-envelhecimento, pode resultar. Para além disso, um tratamento através de laser que elimine as células que produzem este pigmento também pode ajudar a resolver o problema.

A microdermoabrasão (uma técnica para manter a pele jovem, através da eliminação de células mortas da epiderme) pode igualmente ser utilizada, mas não se esqueça que terá de ser realizada por profissionais pois de contrário, poderá correr o risco de fazer uma esfoliação excessiva. Cremes que contenham o complexo vitamínico B podem também reduzir a exposição dos vasos sanguíneos.

Quanto aos “papos”, existem vários tipos de gel que pode utilizar, nomeadamente os que sejam compostos por extractos de plantas ou até cafeína. Estes cremes reduzem a quantidade de água existente na pele e, como tal, fazem com que os inestéticos “papos” percam volume e deixem de ser tão aparentes.

Para além disso, existem algumas soluções caseiras que poderá utilizar, como a aplicação de rodelas de pepino ou de saquetas de chá molhadas. O pepino é composto quase totalmente por água, permitindo a hidratação da área. Já o chá, ao conter teína, vai ajudar a reduzir o inchaço uma vez que a pele vai absorver o líquido da saqueta. Tanto o pepino como as saquetas de chá podem ser aplicados durante 10 a 15 minutos.

Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.
Foto: 
ShutterStock