Associação Inspirar o Futuro

Mais de 40 mil finalistas do secundário vão receber orientação para determinar a vida profissional

A Associação Inspirar o Futuro inicia no próximo dia 8 de janeiro o roadshow Yorn Inspiring Future, que passará por escolas secundárias do Centro e Norte do país. A inauguração será na Escola Secundária Sá da Bandeira e conta com a presença da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Chegados ao final do ensino secundário, os jovens têm uma decisão a tomar: continuar os estudos ou ingressar no mercado de trabalho. O Projeto Yorn Inspiring Future, pelas mãos da Associação Inspirar o Futuro, surge como resposta social à lacuna identificada: a dificuldade dos jovens em definir, com consciência, o próximo passo.

Esta associação, sem fins lucrativos, foca-se sobretudo numa atuação preventiva e no terreno, trabalhando lado a lado com a comunidade escolar, através de eventos de orientação profissional de apoio direto aos alunos. O Yorn Inspiring Future promove, desta forma, o autoconhecimento dos alunos e a continuidade dos seus estudos para o ensino superior, procurando ser voz ativa contra o desemprego jovem.

A inauguração deste roadshow será no dia 8 de Janeiro de 2018, na Escola Secundária Sá da Bandeira, em Santarém, e contará com a presença de Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

No total, serão abrangidas 250 escolas secundárias que nos distritos de Leiria, Lisboa, Santarém e Setúbal irão abranger mais de 19 mil jovens; já nos distritos de Aveiro, Braga, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu abrangerão mais de 17 mil jovens. Estas atividades surgem na continuação da presença do Yorn Inspiring Future, durante Outubro e Novembro, nos restantes distritos do país. Neste ano lectivo, o Yorn Inspiring Future terá impacto na vida de mais de 42 mil jovens.

Este projeto, direcionado para os alunos do ensino secundário – mais concretamente 12º ano –, tem revelado a sua eficácia no impacto social gerado através da medição da capacidade de proatividade, motivo pelo qual um grande número de escolas secundárias a nível nacional já adotou a iniciativa.

Dados os resultados alcançados, o Yorn Inspiring Future conseguiu obter um financiamento de 720 mil euros de investidores privados que acreditam no impacto positivo que este projeto tem para a sociedade, e do Portugal 2020, através do instrumento de financiamento Parcerias para o Impacto do Portugal Inovação Social.

Fonte: 
Creative Minds
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico, Enfermeiro, Farmacêutico e/ou Nutricionista.

INFORMAÇÕES ESSENCIAIS COMPATÍVEIS COM RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO NOME DO MEDICAMENTO: Microlax, 450 mg/5 ml + 45 mg/5 ml, Solução rectal e Microlax, 270 mg/3 ml + 27 mg/3 ml, Solução rectalCOMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA: Composição por microclister: Citrato de sódio: 450 mg ou 270 mg; Laurilsulfoacetato de sódio 45 mg ou 27 mg. Excipiente q.b.p.: 5 ml ou 3 ml. FORMA FARMACÊUTICA: Solução rectal (enema). A solução é viscosa, incolor e contém pequenas bolhas de ar incorporadas. INFORMAÇÕES CLÍNICAS – Indicações terapêuticas: Tratamento sintomático da obstipação rectal ou recto-sigmoideia; Encopresis; Obstipação durante a gravidez, obstipação associada ao parto e cirurgia (uso pré e pós­operatório); Preparação do recto e sigmóide para exames endoscópicos. Posologia e modo de administração: Adultos e crianças de idade superior a 3 anos: Administrar o conteúdo de uma bisnaga por dia. Na obstipação marcada pode vir a ser necessária a aplicação do conteúdo de duas bisnagas. Crianças até 3 anos: Na maioria dos casos é suficiente uma bisnaga de Microlax a 270 mg/3 ml + 27 mg/3 ml. Modo e via de administração: 1. Retirar a tampa da cânula (Microlax a 270 mg/3 ml + 27 mg/3 ml) ou quebrar o selo da cânula (Microlax a 450 mg/5 ml + 45 mg/5 ml). 2. Comprimir ligeiramente a bisnaga até aparecer uma gota na extremidade da cânula. 3.Introduzir a cânula no recto. 4.Comprimir completamente a bisnaga. 5.Retirar a cânula, mantendo a bisnaga comprimida. Contra-indicações:Hipersensibilidade às substâncias activas ou a qualquer dos excipientes. Advertências e precauções especiais de utilização: Recomenda-se evitar a utilização de Microlax no caso de pressão hemorroidária, fissuras anais ou rectais e colites hemorrágicas. Interacções medicamentosas e outras formas de interacção: Não foram realizados estudos de interacção. Efeitos indesejáveis: Doenças gastrointestinais: Frequência desconhecida (não pode ser calculado a partir dos dados disponíveis): Como em relação a todos os medicamentos do género, um uso prolongado pode originar sensação de ardor na região anal e excepcionalmente rectites congestivas. DATA DA REVISÃO DO TEXTO: Janeiro de 2009. Para mais informações deverá contactar o titular de Autorização de Introdução no Mercado. Medicamento não Sujeito a Receita Médica.