Conheça algumas das mais frequentes

Infecções bacterianas da pele

Atualizado: 
14/05/2019 - 17:35
As infecções da pele podem ser relativamente superficiais, como o impetigo e o furúnculo, ou atingir as camadas mais profundas da pele e serem potencialmente graves, como a erisipela e a fasceíte necrosante. Saiba tudo
Infecções bacterianas da pele

As infecções bacterianas da pele são causadas pela presença e crescimento de microrganismos que danificam o tecido hospedeiro. Apesar de a pele representar uma barreira notavelmente eficaz contra as infecções bacterianas, até porque muitas bactérias residem na pele, elas podem ocorrer e variar muito de tamanho.

A extensão da infecção geralmente é determinado pela forma como muitos organismos estão presentes e as toxinas que libertam, mas também pelo tipo de bactéria. Existem duas principais bactérias que são conhecidas por causar a infecção de pele – a Staphylococcus e a Streptococcus. Estas bactérias fazem parte da flora normal da pele, mas causam infecção quando "entram” no organismo através de punções, arranhões ou queimaduras.

As infecções bacterianas da pele podem afectar uma só zona e ter o aspecto de uma borbulha ou então propagar-se em algumas horas e afectar uma área muito mais extensa. Ou seja, as infecções cutâneas podem apresentar um grau de gravidade variável, desde uma acne sem importância até uma doença potencialmente mortal, como a síndroma da pele escaldada provocada por estafilococos.

Algumas pessoas manifestam um risco específico de contrair infecções da pele, em especial os diabéticos, que possuem uma irrigação cutânea reduzida ou os doentes de SIDA, que apresentam um sistema imunológico deprimido. No entanto, qualquer lesão na pele - raios solares, arranhadelas, ou outras irritações - torna uma pessoa susceptível de sofrer uma infecção.

Assim, manter a pele intacta e limpa evita as infecções. Quando a pele sofre um corte ou um arranhão, deve lavar a zona com água e sabão uma vez que ajuda a evitar uma infecção. Embora a maioria dos cremes e dos unguentos com antibióticos sejam pouco eficazes para prevenir ou tratar as infecções cutâneas, alguns cremes mais recentes, são eficazes em certos casos. Por outro lado, os banhos quentes podem aumentar o afluxo de sangue à zona infectada e ajudar a curar uma infecção confinada a uma área reduzida. Se a infecção se propagar, devem ser tomados antibióticos, sob prescrição médica.

Nos hospitais ou nos lares podem surgir infecções causadas por bactérias menos comuns, tal como quando se fazem trabalhos de jardinagem ou se nada numa piscina, num lago ou no mar.

Algumas infecções bacterianas da pele

Celulite

Uma infecção bacteriana da pele profunda, que ocorre na face, braços e pernas é a celulite. Esta infecção é causada por diferentes espécies de Streptococcus, que consegue entrar através da pele irritada ou ferida. Muitas vezes as mordidas de animais, mordidas humanas e lesões de água também pode causar infecção. Os sintomas desta infecção bacteriana da pele são o inchaço, febre, dor de cabeça e calafrios.

Escarlatina

Escarlatina é uma erupção cutânea infecciosa comum em crianças. Esta infecção está associada com Streptococcus. A erupção aparece como uma lixa e constituída por muitos pequenos pontos vermelhos. A bactéria produz toxinas que são liberadas na corrente sanguínea, levando a uma erupção na pele. Esta erupção aparece no pescoço, testa, bochechas, peito e braços.

Impetigo

Esta infecção é caracterizada por um grupo de lesões com uma base vermelha. Essas lesões formam crostas que ficam com uma cor de mel. Esta é uma infecção bacteriana da pele muito contagiosa que se transmite facilmente. O impetigo ocorre na face, pescoço, braços e pernas. Surge como se fosse uma pequena vesícula cheia de fluido para depois se formarem crostas que se alastram facilmente.

A prevenção passa por adequadas medidas de higiene, hidratação da pele e, quando surge a infecção, na desinfecção local e no uso de antibióticos locais e sistémicos sob prescrição médica.

Foliculite

A infecção do folículo piloso é chamada como foliculite. A infecção do folículo piloso parece uma pústula, amarelo. Isso pode ocorrer devido à fricção crónica na pele, produtos químicos, trauma, transpiração excessiva ou exposição à água.

Furúnculo

Furúnculo é uma infecção extensa da glândula sebácea. Esta infecção bacteriana da pele ocorre na face, pescoço, axilas e nas nádegas. Surge como um nódulo pequeno, vermelho, e que pode tornar-se muito doloroso. Habitualmente, o furúnculo rebenta e cicatriza.

Erisipela

A erisipela é uma infecção frequente da pele causada por um estreptococo que penetra na pele através de uma ferida traumática, úlcera de perna, micose interdigital ou pé de atleta. Surge de forma rápida (1-2dias) e cursa com febre muito alta (39-40ºC), arrepios, mal-estar geral e uma placa vermelha inchada e muito dolorosa da pele, motivando a ida frequente a serviços de urgência. A placa vermelha estende-se em poucas horas e acompanha-se de gânglios dolorosos (ínguas).

Surge sobretudo em indivíduos diabéticos, obesos, habitualmente nas pernas, relacionada com insuficiência venosa (varizes) e linfática. O tratamento com antibióticos orais ou injectáveis – sob prescrição médica - deve iniciar-se o mais rapidamente possível, para evitar formação de abcessos ou uma infecção mais grave.

Fasceíte necrosante

A fasceíte necrosante é uma infecção ainda mais aguda que a erisipela, que atinge a pele mais profundamente, destrói o músculo e causa um estado de choque que pode ser fatal se não houver intervenção cirúrgica imediata para libertar o músculo. As bactérias que provocam esta importante destruição muscular chamam-se vulgarmente bactérias "carnívoras”.

Artigos relacionados

Celulite infeciosa: aquela que nem sempre se vê

Conheça as doenças de pele mais comuns no Verão

Peelings: "quando devidamente aplicados são ótimos aliados da saúde da pele"

Fonte: 
Manual Merck
consulteodermatologista.com
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.
Foto: 
ShutterStock