Calvície

Alopecia androgenética

Vulgarmente conhecida como calvície, a alopecia androgenética, na maior parte dos casos, é um problema genético que afecta maioritariamente o sexo masculino mas também pode afectar algumas mulheres.
Calvície

Os folículos pilosos são sensíveis à acção dos androgénios (hormonas sexuais masculinas), afectando a regeneração normal dos cabelos. Ao longo do tempo os cabelos vão perdendo a força, ficando cada vez mais finos e começam a cair com mais facilidade acabando mesmo por não crescer novamente.

Geralmente a perda de cabelo começa por ser na zona frontal, com o aparecimento das tão conhecidas “entradas” e também na zona superior e posterior da cabeça. Estas perdas vão aumentando gradualmente, porém raramente afectam a totalidade da cabeça pois os cabelos continuam a crescer de forma normal nas zonas consideradas mais fortes, a parietal e occipital.

Estes casos não são muito comuns nas mulheres, embora possam acontecer com efeitos mais reduzidos geralmente após a menopausa.

A verdade é que o enfraquecimento do cabelo é também influenciado por alguns factores externos como a poluição, produtos de higiene desadequados, dietas desequilibradas ou algum tipo de doenças.

Como a causa principal é genética, a melhor maneira de prevenir a queda de cabelo será ter um cuidado especial com todos os outros factores externos de modo a não potencializar o factor genético.

Procure informar-se sobre o seu tipo de cabelo e utilize sempre produtos específicos que contribuam para a saúde do mesmo.

Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.
Foto: 
ShutterStock