Agência espera emitir recomendações na próxima semana

EMA continua a avaliar casos muito raros de coágulos sanguíneos associados à vacina da Janssen

Tal como foi anunciado na semana passada, o Comité de Segurança da EMA (PRAC) está a analisar casos muito raros de coágulos sanguíneos que ocorreram nos Estados Unidos após a utilização da vacina COVID-19 da Janssen. O tipo de coágulo sanguíneo relatado, trombose sinusal venosa cerebral (CVST), ocorreu, na maioria dos casos, em combinação com baixos níveis de plaquetas sanguíneas (trombocitopenia).

A FDA e o CDC dos EUA recomendaram ontem que o uso da vacina fosse interrompido enquanto revêm seis casos relatados nos Estados Unidos. Foram administradas mais de 6,8 milhões de doses da vacina.

A farmacêutica anunciou ainda a sua decisão de adiar proactivamente a implantação da vacina na UE enquanto prosseguem as investigações. A vacina foi autorizada na UE a 11 de março de 2021, mas o uso generalizado da vacina em território europeu ainda não começou. A empresa está em contacto com as autoridades nacionais, recomendando que as doses já recebidas sejam guardadas até que o PRAC emita uma recomendação.

A Agência Europeia de Medicamentos já fez saber que espera conseguir ter mais informações durante a próxima semana, sublinhando, no entanto, que “continua a considerar que os benefícios da vacina na prevenção da Covid-19 superam os riscos dos efeitos secundários”.

 

 

Fonte: 
Agência Europeia de Medicamentos
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico, Enfermeiro, Farmacêutico e/ou Nutricionista.
Foto: 
Pixabay