Especialista recomenda

Os 5 passos essenciais para uma cirurgia estética segura

Saiba o que deve considerar antes de realizar uma cirurgia estética. De acordo com o especialista em cirurgia plástica David Rasteiro, ter toda a informação sobre o médico, o local e o procedimento é essencial para realizar uma cirurgia em segurança.

Hoje em dia cada vez mais mulheres e homens procuram atingir um corpo ideal recorrendo muitas vezes a procedimentos médicos estéticos. Preocupados com o corpo, os portugueses tentam muitas vezes melhorar ou corrigir aspetos que pensam ser negativos, com o objetivo de atingir a imagem física desejada.

Na sociedade atual a importância da cirurgia estética e plástica tem vindo a assumir um papel preponderante na construção - e reconstrução - de situações de ordem física. Mas é hoje fundamental reforçar alguns aspetos a ter em consideração na hora de decidir optar e avançar para uma cirurgia estética.

De acordo com David Rasteiro, cirurgião especialista em cirurgia estética, plástica e reconstrutiva “uma cirurgia estética é algo que transforma a vida de uma pessoa, não só fisicamente como também a nível psicológico, sendo fundamental compreender todos os passos antes, durante e após realizar qualquer tipo de tratamento”. 

Existem diferentes situações que levam uma pessoa a optar por uma cirurgia estética. "As motivações para realizar uma cirurgia estética são diversas. Seja uma mulher que quer recuperar a sua forma e as suas curvas após o nascimento de um filho, ou um homem que gostaria de ter uma barriga mais lisa e reforçada através de uma abdominoplastia, os casos divergem mas a importância de estar atento e informado de todo o processo cirúrgico é fundamental para uma boa recuperação”, explica o cirurgião. 

A verdade é que, não são raras as vezes que tomamos conhecimento de cirurgias estéticas que correram mal, sobretudo quando se tratam de procedimentos estéticos inseguros e demasiado económicos que podem pôr em risco a vida do paciente.

O cirurgião plástico defende, deste modo, que “é essencial que os pacientes procurem por cirurgiões plásticos certificados pelos conselhos e sociedades de medicina locais, independentemente de onde forem realizar o procedimento” e deixa 5 conselhos para que possa realizar uma cirurgia estética de forma segura: 

1 – Informe-se sobre o médico e o local onde irá realizar a sua cirurgia:  Um dos primeiros passos na hora de iniciar o seu tratamento estético é procurar informação sobre o médico e o local onde irá realizar a sua cirurgia. Poderá consultar o nome do médico assegurando que pertence à Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética. Desta forma terá a certeza que este é um médico certificado para realizar a cirurgia que pretende, sendo assim credível, experiente e seguro.

2-  A importância do pré-operatório: O período pré-operatório é muito importante, pois é o momento que marca a interação inicial entre paciente e médico. Este é um momento de preparação essencial para o sucesso de qualquer tratamento. Trata-se de um  momento de troca de informação sobre os procedimentos, realização de exames prévios e esclarecimento de dúvidas. É a altura certa para perguntar sobre todas as restrições pré e pós-operatórias e dar todas as informações relativas ao seu histórico clínico.  Este momento é extremamente importante para estabelecer uma relação de confiança entre médico e paciente.

3 – Esteja confortável e conheca o ambiente cirúrgico: Para a segurança de um paciente na hora de proceder a um a cirurgia estética é importante que este conheça e esteja familiarizado com o local onde irá realizar a mesma. Seja em ambiente hospitalar ou numa clínica privada, é importante que um paciente se informe junto do seu médico sobre as condições do local e esteja totalmente ambientado e confortável antes de realizar a sua cirurgia.

4 -Defina o momento certo: É muito importante que o paciente esteja organizado tanto psicológica, como fisicamente.  Se estiver a passar por uma fase difícil emocionalmente, deverá repensar se esse é o momento certo. Não deverá fazer um procedimento estético como compensação emocional. Por outro lado, é necessário ter assuntos relacionados com casa, família e o trabalho organizados, de forma a não ter preocupações no momento seguinte à operação. No processo de recuperação é essencial repousar. A  sua saúde deverá ser a prioridade.

5 -  A importancia do Pós – Operatório: Obedeça todas as recomendações feitas pelo médico.  Respeitar o período de recuperação é essencial em qualquer tratamento estético. Em algumas intervenções estéticas, poderá ser necessário ter ajuda para algumas atividades diárias, pois os seus movimentos poderão ser limitados. Esteja sempre em contacto com o seu médico de forma a seguir todos os procedimentos e não hesite em colocar qualquer dúvida sobre o processo de cicatrização.

Todos estes passos são essenciais para que a intervenção corra de acordo com o esperado e para que a recuperação seja feita de forma correta, tranquila e segura.

*artigo adaptado pelo Atlas da Saúde

Fonte: 
Join Communication
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico, Enfermeiro, Farmacêutico e/ou Nutricionista.
Foto: 
ShutterStock