As modificações

O corpo da grávida

À medida que a gravidez evolui e o bebé se desenvolve, o corpo da mãe modifica-se, adaptando-se à nova situação. Nem sempre é fácil aceitar a transformação rápida que o corpo sofre durante a gravidez.

Em determinadas fases, ver ao espelho as mudanças do corpo pode causar desagrado ou até algum sentimento de recusa. Noutros momentos, essas alterações despertam a curiosidade e criam novas expectativas.

Torna-se, por isso, importante procurar saber mais sobre o que se passa numa gravidez e esclarecer dúvidas junto de pessoas da família, do grupo de amigos e dos serviços de saúde.

É importante aprendermos a respeitar e gostar do nosso corpo, em especial durante uma gravidez.

Modificações esperadas organismo:

  • O abdómen (barriga) aumentará de tamanho, pouco a pouco, sendo já bem visível a partir do 4º/5º mês.
  • Os seios também aumentarão de volume, o mamilo estará mais sensível é comum aparecer leite antes do final da gravidez.
  • Podem ocorrer alterações da cor da pele, como manchas castanhas no rosto, maior pigmentação da aréola do mamilo ou uma linha escura na barriga, abaixo do umbigo, que desaparecem depois do parto.
  • No início da gravidez pode verificar-se uma maior sonolência e necessidade de dormir.
  • Náuseas e vómitos são habituais nos primeiros meses, sobretudo pela manhã; coma qualquer coisa assim que sair da cama e, ao longo do dia, coma com frequência, mas em pequenas quantidades.
  • Pode ocorrer obstipação (prisão de ventre); para combatê-la (ou evitá-la), beba muita água e ingira alimentos ricos em fibras, como fruta (laranjas, ameixas, kiwis), hortaliças e cereais integrais (pão de mistura, flocos).
  • Durante a gravidez será mais frequente a necessidade de urinar, inclusive durante a noite.
  • As varizes podem ser uma consequência desagradável da gravidez; para contrariar esta tendência, não deve permanecer em pé ou sentada por longos períodos. Sempre que possível, descanse com as pernas elevadas.
  • No final da gravidez podem surgir dores nas costas; procure sentar-se correctamente, com as costas apoiadas e evite carregar pesos.

A gravidez traz consigo alterações importantes, não só no corpo, mas também nos seus sentimentos, na sua disposição e na do seu companheiro, assim como na vida social, laboral e familiar.

Durante o primeiro trimestre, pode sentir emoções contraditórias, ora de alegria, ora de insegurança ou preocupação. Estará especialmente sensível. Pode notar variações de humor, sem motivo aparente. São reacções normais!

Na maior parte dos casos, o segundo trimestre da gravidez é um período de serenidade e calma. A mãe já sente o bebé e isto tranquiliza-a e anima-a.

No terceiro trimestre, pode voltar a sentir uma certa intranquilidade. Poderão surgir preocupações em relação ao parto e ao bem-estar e saúde do bebé; pode estar impaciente com a espera do nascimento.

Será de grande utilidade que, durante este processo, participe em acções informativas e actividades de preparação para a maternidade e paternidade.

Fonte: 
DGS
Nota: 
As informações e conselhos disponibilizados no Atlas da Saúde não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.
Foto: 
ShutterStock